Marta Relvas

Professora

A Professora Marta Relvas é Bióloga, Dra e Ms em Psicanálise, Neuroanatomista, Neurofisiologista, Psicopedagoga e Especialista em Bioética. Tem certificado Reggio Emília Study Abroad Program na Itália e Title in Education Neurosciences and childhood and adolescence learning of Erasmus+ University – Europe – Portugal. É Membro Efetiva da Sociedade Brasileira de Neurociência e Comportamento, e da Associação Brasileira de Psicopedagogia RJ. Autora de livros e DVDs sobre Neurociência e Educação pela Editora WAK e Editora Qualconsoante de Portugal. Professora Universitária da AVM Educacional/UCAM, UNESA – RJ, Universidade de João Pessoa – UNIPE, e Professora Pesquisadora convidada no curso de Pós-graduação de Neurociência do IPUB/UFRJ. Coordenadora do Programa de Pós-graduação de Neurociência Pedagógica na UCAM/AVM Educacional. Palestrante no Brasil e no exterior.

Fundamentos de Neurociência e a Complexidade Cerebral na Sala de Aula – Despertando Potencialidades, Inteligências e Afetividades
Objetivo: Desenvolver fundamentação técnica e científica, orientadas na anatomia e na fisiologia neural da aprendizagem. Anatomia e a Fisiologia das Funções executivas e cognitivas do sistema nervoso central. Bases neurobiológicas da Memória, Inteligência, Atenção,Concentração na aprendizagem. Sistema límbico e a Emoção versus aprendizagem. Sistemas dos sentidos biológicos versus Percepção e Aprendizagem. Organização da área da Linguagem e Pensamento na estrutura cerebral. Carga horária: 8h.
Neurociência e as Teorias Da Aprendizagem
Objetivos: Construir saberes interdisciplinares inerentes a educação, os teóricos da aprendizagem e a neurociência . Bases e o contexto Histórico da Educação. A Contribuição da escola no desenvolvimento cognitivo da aprendizagem. Razão e emoção no contexto escolar. Teoria da Complexidade e da Subjetividade na organização do conhecimento, segundo Edgar Morin. A Plasticidade Cerebral e os estímulos neurais no processo da aprendizagem, segundo Luria e Vigostky. Teoria das Habilidades Múltiplas e os estímulos das Inteligências. Educação Emocional. Auto-estima na aprendizagem, segundo Antonio Damásio e Maturana.. Processos de informações e o papel do cérebro na aprendizagem.Tendências Pedagógicas Contemporâneas. Carga Horária: 8h.
Bases das Neurociências Aplicadas às Práticas Escolares
Objetivos: Construir saberes interdisciplinares inerentes a educação, os teóricos da aprendizagem e a neurociência . Bases e o contexto Histórico da Educação. A Contribuição da escola no desenvolvimento cognitivo da aprendizagem. Razão e emoção no contexto escolar. Teoria da Complexidade e da Subjetividade na organização do conhecimento, segundo Edgar Morin. A Plasticidade Cerebral e os estímulos neurais no processo da aprendizagem, segundo Luria e Vigostky. Teoria das Habilidades Múltiplas e os estímulos das Inteligências. Educação Emocional. Auto-estima na aprendizagem, segundo Antonio Damásio e Maturana.. Processos de informações e o papel do cérebro na aprendizagem.Tendências Pedagógicas Contemporâneas. Carga Horária: 8h.
Compreendendo o Funcionamento do Cérebro e os Transtornos/ Dificuldades da Aprendizagem
Objetivos: Diferenciar os conceitos de Transtornos, Dificuldades de Aprendizagem. Reconhecer as bases neurobiológicas e neuropsicológicas dos transtornos e dificuldades da aprendizagem/comportamento. Identificar o sujeito portador de outras eficiências na sala de aula. Distúrbio da Atenção, Distúrbios de Memória, Distúrbios de Linguagem. Depressão, Transtorno Obsessivo Compulsivo. Neurobiologia do Estresse. Bulling, Psicobiologia do Medo e Fobias escolares. Reconhecendo o cérebro hiperativo e recriando estratégias pedagógicas na sala de aula. Carga Horária: 8h.
Neurociência e a Complexidade Cerebral na Sala de Aula – Despertando Potencialidades e Inteligências
A Neurociência aplicada à Educação vem ao encontro das necessidades do educador/professor à desenvolver fundamentação técnica e científica, orientadas na anatomia e na fisiologia neural da aprendizagem, promovendo então uma maior compreensão de como o cérebro aprende e guarda saberes. Reconhecer que o cérebro é a estrutura do corpo humano responsável na construção do sujeito cerebral em suas dimensões biológicas, psicológicas, afetivas, motoras, emocionais e sociais Público Alvo: Professores, psicopedagogos, pedagogos, educadores.
Neurociência Aplicada à Aprendizagem Escolar e à Educação Emocional
Atualizar e fundamentar os profissionais da educação em uma dimensão interdisciplinar das Bases Neurocientíficas Aplicadas às potencialidades das inteligências, habilidades e competências do educando na sala de aula. Hoje conhecer o funcionamento do sistema nervoso central é trazer para o professor uma base de estudos científicos de como a neurociência, a aprendizagem e a educação, tornam-se interdisciplinares. Neurociência e Aprendizagem é um tema que muito tem a ver com o nosso cotidiano escolar. Através de uma abordagem conceitual para essa fundamentação neurocientífica, o cérebro se torna na atualidade uma ferramenta importante e facilitadora para o professor, educador e pais reconhecerem potencialidades e até mesmo dificuldades no aprender.
Neurociência da Aprendizagem Cognitiva e Emocional na Sala De Aula
Objetivo: Desenvolver fundamentação técnica e científica, orientadas na anatomia e na fisiologia neural da aprendizagem cognitiva e emocional. Público Alvo: Professores, Psicopedagogos, Neuropedagogos. Duração: 2h
Neurociência e os Transtornos da Aprendizagem. Reconhecendo o Cérebro Hiperativo e Recriando Acordos e Encontros Pedagógicos na Sala de Aula
Objetivos: Fundamentar conceitos neurobiológicos e neuropsicológicos do cérebro hiperativo. Identificar o sujeito com cérebro hiperativo. Público Alvo: Professores, Psicopedagogos, Neuropedagogos. Duração: 2h
A Contribuição dos Estudos das Neurociências na Educação das Emoções da Criança
Garantir a aprendizagem da criança é o desejo de todos os envolvidos no processo de educar, pois capacitá-las para enfrentar os desafios da vida, não é tarefa fácil… Os pais do novo milênio precisam construir competências, habilidades, mas principalmente desenvolver a sensibilidade sobre o conhecimento do funcionamento do cérebro cognitivo, afetivo, motor, social e como ocorre a aprendizagem cognitiva e emocional para ajudar o seu filho a construir uma edificante tarefa desse processo. Com isso torna-se importante reconhecer que o cérebro é a estrutura do corpo humano responsável na construção do sujeito cerebral em suas dimensões biológicas, psicológicas, afetivas, motoras, emocionais e sociais e que atualmente pode ser considerado um ator principal para as bases do entendimento dos comportamentos biopsico e social do humano. A Neurociência não vem como “receituário de bolo” e nem como uma tendência de metodologias que deverão ser aplicadas às crianças, mas promove um olhar de que as crianças são diferentes em todos os seus aspectos biológicos, afetivos, emocionais, motores e sociais, independente de uma necessidade educacional específica. Por isso torna-se fundamental que pais “escutem” mais os seus filhos! Contextos abordados: A Neurobiologia da função cerebral da criança. A formação do cérebro e da mente da criança. Aprendizagem e a Plasticidade neural da criança. Como o cérebro aprende e guarda saberes? O cérebro da criança é naturalmente “curioso e fofoqueiro”. Como lidar com essa situação? Construindo limites sem tensões! Como educar emoções e desenvolver uma mente saudável? A influência da afetividade no processo da aprendizagem cognitiva e a relação de confiança e autoestima como alicerce de uma mente saudável. O cérebro da criança e a brincadeira do faz de conta como a construção do imaginário, linguagem e pensamento. A importância da escola, professores e a participação da família como mediadores da aprendizagem cognitiva e emocional da criança na Educação Infantil. Mitos e verdade sobre o Cérebro da criança e as novas tecnologias.
Neurociências – Desvendando as Novas Fronteiras da Educação
Atualizar e fundamentar os profissionais da educação em uma dimensão interdisciplinar das Bases Neurocientíficas Aplicadas às potencialidades das inteligências, habilidades e competências do educando na sala de aula. Hoje conhecer o funcionamento do sistema nervoso central é trazer para o professor uma base de estudos científicos de como a neurociência, a aprendizagem e a educação, tornam-se interdisciplinares. Neurociência e Aprendizagem é um tema que muito tem a ver com o nosso cotidiano escolar. Através de uma abordagem conceitual para essa fundamentação neurocientífica, o cérebro se torna na atualidade uma ferramenta importante e facilitadora para o professor, educador e pais reconhecerem potencialidades e até mesmo dificuldades no aprender Público Alvo: Professores, psicopedagogos, pedagogos, educadores. Duração: 2h
Que Cérebro é Esse que Chegou à Escola? Bases Neurocientíficas da Aprendizagem
Garantir a aprendizagem dos nossos estudantes é o desejo de todos os envolvidos no processo de educar, pois capacitá-los para enfrentar os desafios da vida, não é tarefa fácil… Os professores do novo milênio precisam construir competências, habilidades, mas principalmente desenvolver a sensibilidade sobre o conhecimento do funcionamento do cérebro cognitivo, afetivo, motor, social e como ocorre a aprendizagem cognitiva e emocional para ajudar o seu estudante a construir uma edificante tarefa desse processo. Com isso torna-se importante reconhecer que o cérebro é a estrutura do corpo humano responsável na construção do sujeito cerebral em suas dimensões biológicas, psicológicas, afetivas, motoras, emocionais e sociais e que atualmente pode ser considerado um ator principal para as bases do entendimento dos comportamentos biopsico e social do humano. A Neurociência não vem como “receituário de bolo” e nem como uma tendência de metodologias que deverão ser aplicadas em sala de aula, mas promover um olhar de que os estudantes são diferentes em todos os seus aspectos biológicos, afetivos, emocionais, motores e sociais, independente de uma necessidade educacional específica. Por isso torna-se fundamental que os educadores “escutem” mais os seus estudantes! Contextos que serão abordados: A Neurobiologia da função cerebral e a formação do cérebro e da mente humana. Aprendizagem e a plasticidade neural. Como o cérebro aprende e guarda saberes? Educação emocional e cognitiva no processo da aprendizagem escolar. A influência da afetividade no processo da aprendizagem cognitiva e a relação de confiança, auto estima como alicerce na formação integral da aprendizagem. Duração: 2h.
O Cérebro e a Estimulação das Inteligências Múltiplas na Infância
Desenvolver fundamentação técnica e científica, orientadas na anatomia e na fisiologia neural da aprendizagem, através dos estímulos sensoriais e afetivos da leitura. Reconhecer que o cérebro é a estrutura do corpo humano responsável na construção do sujeito cerebral em suas dimensões biológicas, psicológicas, afetivas, motoras, emocionais e sociais. Público Alvo: Professores, psicopedagogos, pedagogos, educadores. Duração: 2h.